Designação do Projeto: Inovação Processo produtivo e Diversificação da produção

Nº Projeto: 18058

Código do Projeto: NORTE-02-0853-FEDER-018058 / NORTE-06-3560-FSE-018058

Objetivo Principal: Reforçar a competitividade das PME

Região de intervenção: NORTE

Entidade beneficiária: ADIFAFE – ACESSÓRIOS TEXTEIS, LDA

Data Aprovação: 02-11-2016

Data início: 01-04-2016

Data conclusão: 31-03-2018

Custo total elegível: 763.216,00 €

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER – 529.332,30 €  FSE – 4.918,90 €

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

Os objetivos da empresa passam por:

– Inovar radicalmente diversas fases do processo produtivo, a saber:

– Setor de produção de linha: aumento da capacidade produtiva em 5 vezes; redução para uma única fase produtiva; automatização total.

– Setor de produção de passamanarias: irá promover-se o acréscimo de uma fase do processo produtivo, com a inovação de um processo de acabamento contínuo e contração do elástico que garantirá que o mesmo nunca alargará ou contrairá. Elevação em 100% a qualidade; cumprimento das mais rigorosas exigências internacionais ao nível dos elásticos; inovação e obtenção de vantagens comparativas face à concorrência que genericamente não dispõe desta fase do processo produtivo e passa a não se equiparar a nós. Irá promover-se a produção de novo produto, cordões com ponteira por esmagamento em cera.

– Setor de armazenagem / expedição: automatização em 100% do embalamento quer de fitas, cordões e elásticos (atualmente processo é manual); aumento da capacidade de armazenamento e de espaço para transporte em cerca de 50% decorrente de uma maior precisão e assertividade no embalamento que reduz a dimensão das caixas em 50% para embalar a mesma quantidade de produtos; crescimento em 100% da rapidez e necessáriamente produtividade.

– Criar duas novas unidades de negócio / produção:

– Unidade de produção de cordões torcidos / entrançados: criação da unidade de cordão torcido a 3 cabos, que será a primeira a nível nacional; automatização total; melhoria de indicador margem bruta geral em 5%; diversificação do segmento de mercado alvo sendo capaz de vender também para setor do calçado incluindo-se aqui a aquisição de máquina produção ponteiras, para cordões, em plástico, metal e por aquecimento.

– Unidade de produção de fechos metálicos: criação de nova unidade produtiva para produção de fechos metálicos (atualmente só produz fechos de plástico e invisível); linha totalmente automatizada; potenciará o incremento das exportações em virtude de ser algo muito procurado internacionalmente; tornar-se-á na única empresa a nível nacional com capacidade de produzir e aplicar a fita, o fecho e o cursor; controlo e alargamento da cadeia de valor.

De uma forma geral os objetivos passam por:

– Aumento da capacidade produtiva em mais de 200%

– Inovar e automatizar todo o processo produtivo

– Crescimento da rentabilidade medido pelo crescimento do VAB em mais de 470%

– Elevar o VBP em perto de 84% face ao pré projeto fruto do investimento previsto

– Aposta em operações de nearshore

– Aumento da qualidade do produto final

– Diversificação de produtos

– Apostar na personalização em massa e no custom made

– Aumento do volume de negócios (VN) total em mais de 284%

– Afirmar-se internacionalmente como fabricante de referencia e como potencial interveniente em operações de nearshore promovidas por multinacionais do setor

– Apostar em novos modelos e técnicas de marketing, quer pela via da consultoria especializada, quer pela formação profissional, garantindo acréscimos de notoriedade e reconhecimento das marcas e empresa na ordem dos 50%

– Diversificar mercados e segmentos de mercado com privilégio ao mercado externo com a expetativa que o mesmo venha a representar mais de 65% do VN Total em pós projeto e permita atingir novos mercados mais avançados como Suécia, França, Espanha, Holanda, Inglaterra.

– Elevar a competitividade e inovação organizacional, quer pela via da consultoria especializada, quer pela formação profissional que potencie processos de inovação em 100% dos processos de gestão

– Reforçar o quadro de pessoal, crescendo mais de 70% face ao pré projeto

– Diferenciação de produtos e gama de produtos que permitam entrar em novos mercados e diversificar segmentos de mercado

– Alargamento do posicionamento e controlo da cadeia de valor